12/01/2009

R O B Ô, NIK e o Ordenador

Os 3 desenhos abaixo fazem parte do projeto de Graduação em Desenho no Instituto de Artes da UFRGS.

Como comentei rapidamente antes, os desenhos foram produzidos por um R O B Ô, um operário para ajudar em meus desenhos. O objetivo dele seria simples: produzir com continuidade dentro de uma mesma série de desenhos, reduzindo minha dispersão diante dos vários e possíveis caminhos criativos.

Para tentar entender a interferência deste R O B Ô no meu trabalho fui atrás de alguém que não só olhasse para os desenhos, como olhasse também para mim, o autor. Esse terceiro elemento -- um organizador coerente que irá conectar a idéia com a praxis -- chama-se Ordenador, a peça que faltava para entender cada mecanismo desse processo de trabalho.

Tinhamos ali ao mesmo tempo alguém que fosse analista e organizador, capaz de ligar o criador do conceito (Nik) com a máquina de produzir desenhos (R O B Ô).

Um abraço erótico

07/01/2009


Esse desenho da camareira faz parte do meu projeto de graduação em Artes Visuais na UFRGS, em 2003. Os desenhos foram produzidos por um R O B Ô, e posteriormente foram selecionados pelo Ordenador, que fez uma espécie de curadoria. Eu, obviamente, fiquei com a autoria apesar de problemas (quase judiciais) com o R O B Ô, que exigia parte do crédito.

Separei essa imagem porque o desenho do Cicrano, abaixo, tem algo que ver. Mas o desenho do Cicrano foi feito por mim, o R O B Ô não teve mais nenhuma participação nas minhas criações até agora.

Fulano, Beltrano e Cicrano


Boêmios da noite das grandes cidades brasileiras, Fulano, Beltrano e Cicrano são personagens que estou desenvolvendo. É um pouco como uma homenagem nostalgica a uma época pré-bossa nova, da era do rádio. Os rostos tem algo de Nelson Gonçalves (Beltrano), Silvio Calvas (Fulano) e Jackson do Pandeiro com Adoniran Barbosa (Cicrano).
Acho que dá pano pra manga, mas a história " O túmulo do samba" ainda não está pronta.

Cicrano em momento intimista